Archives

Camino – Mission Accomplished

Dear English speaking reader,
I promise all the texts about the Camino will be available in English soon, but today I wrote in Portuguese again.
Hope you come back to reaad them when they’re done!
God bless

—–

Olá! Estou escrevendo do conforto do meu sofá.
Desculpem não ter atualizado o blog, mas depois que chegamos em Santiago foi tudo uma grande correria. Pra vocês terem uma ideia, chegamos na Irlanda na sexta feira, e ainda hoje estávamos correndo (a Evelyn nem voltou pra escola ainda!)

Bom, no dia 7 de abril, saímos de Lavacolla (na verdade, a acomodação era 4km depois de Lacavolla) encaramos mais umas subidas, tomamos um lanche em Monte do Gozo e depois de uma descida enoooorme podíamos já ver a cidade de Santiago de Compostela. Que surpresa, ver uma escadaria para chegar na cidade… Tínhamos uma decisão a fazer: ou pegar o caminho das bicicletas (pés doendo, desta vez não enviamos a mochila então tínhamos mais peso para carregar) ou carregar o carrinho escada abaixo.

Decidimos tirar as crianças do carrinho e carregá-lo pela escada. Nessa hora apareceu um homem que tínhamos encontrado na saída de León! Ele se ofereceu para ajudar e carregou com o Esdras o carrinho até lá embaixo. Que alegria ver rostos conhecidos! E pensar que esse cara fez a pé todo o caminho que nós “pulamos” com trem, taxi, e ônibus, e ainda assim chegamos ao mesmo tempo!

E dessa escadaria até chegar na catedral, creio que andamos uns outros 4km! Se não é tudo isso, é o que pareceu. Meus pés e costas doíam tanto (cansaço acumulado, bebê no canguru, mais mochila = argh!) que foi um alívio chegar ao centro histórico de Santiago de Compostela. Ah! Uma dica importante que muitas pessoas esquecem: é proibido entrar na catedral com mochila! Sim, existem procedimentos de segurança, e os guardas dentro da catedral mandam você sair se você entrar com ela.
Mas se você chega em Santiago e vai pegar o carimbo de chegada e a Compostela (certificado de conclusão da peregrinação), você tem que ir à Oficina do Peregrino, e lá existe um serviço que guarda a sua mochila.

Eu me arrependo de não ter passado mais tempo em Santiago. Que lugar lindo! Eu gostaria de ter ido a museus e exposições sobre Tiago, o discípulo de Jesus. Mas com crianças fica difícil. E nós tínhamos que pegar o trem para ir a Portugal (de onde saiu o nosso vôo de volta pra casa).

Quando cheguei, as perguntas mais frequentes foram:
Você gostou da viagem?
Sim, apesar de que eu acho que gosto mais dela agora que meus pés não estão mais doendo! Mas foi interessante, nós aprendemos muito sobre como lidar com muitas coisas em família, vimos paisagens maravilhosas, conversamos com pessoas de lugares diferentes e tivemos oportunidades de compartilhar o nosso Jesus com outros. Não foi fácil, meu pé ainda não está 100% recuperado, mas eu gostei sim.

E as crianças? Como elas viram essa viagem louca?
Elas curtiram MUITO! Elas gostavam de andar, andavam cantando, fingindo que eram princesas e que todas aquelas terras eram o reino delas, cantavam no carrinho, dormiam enquanto nós empurrávamos o carrinho delas, acharam o maior barato pedir carimbo nos lugares e procurar as setas do caminho.

Então se você gosta de passeios com caminhadas, e quer envolver a sua família, saiba que é possível fazer. É difícil para os pais, que tem que “carregar” as crianças, e aguentar as manhas de cansaço (sim, tivemos muitas), mas não é impossível. Mas o meu conselho é: faça uma trilha mais fácil, ou mais curta com eles primeiro.
Se nós formos novamente fazer algo desse tipo, a Evelyn com certeza não estará mais no carrinho, então termos que andar no passo dela, e andar somente o que ela aguentar. No carrinho a gente simplesmente empurra e vai no nosso ritmo, mas se eles são grandes demais pra pegar uma carona, as coisas mudam um pouco.

Nós fomos com 3, se você tem 2 com certeza vai ser menos trabalho (e menos peso!). Planejar bem as paradas pra descanso (ou pra deixar que eles corram um pouco, se ficaram muito tempo no carrinho) é sempre uma boa pedida, e seja flexível: os imprevistos virão.

Nos próximos posts eu vou colocar algumas coisas pontuais que nós aprendemos, desde a nossa motivação para ir, bagagem, equipamentos, medicamentos, até acomodação pro Camino com crianças pequenas. Se você começou a ler só hoje, dê uma espiada em como foi o Camino desde o 1o. dia!

Que a Paz do Senhor Jesus seja com você!

Leave a Reply