Arquivos

Parabéns pra mim

Olá! Para quem está seguindo o nosso processo de memorizar versículos, aqui está o desta semana:

Ao Rei eterno, ao Deus único, imortal e invisível, sejam honra e glória para todo o sempre. Amém.
1 Timóteo 1:17

Ontem foi o meu aniversário!

Foi-se o tempo em que o dia do aniversário era o dia perfeito. Se uma ou duas coisas dão certo a gente já fica feliz, mesmo que o resto do dia saia do compasso. Ontem, as minhas filhas e o meu marido me trouxeram café da manhã na cama, mas o carro não funcionou para levar as crianças para a escola. Uma vizinha levou uma das meninas na escola, eu carreguei a outra nas costas metade do caminho até a pré-escola e machuquei as costas nessa brincadeira… Mas estou feliz! Completei 31 anos, graças a Deus. Muita gente não gosta de revelar a idade, eu não ligo. Aliás, hoje é importante eu “revelar” essa informação porque eu ganhei um presente que eu queria há muitos anos.

Desde que eu era criança, eu amava ver pessoas tocando violino. Eu sempre achei que o som do violino era o mais bonito de todos os instrumentos. E quando eu falei pra minha mãe isso ela achou muito bom eu ter interesse em música, mas não teríamos dinheiro pra comprar nem o instrumento, nem pagar pelas aulas. Nós tínhamos um piano em casa, mas eu nunca me interessei muito em aprender, se eu fosse aprender algo teria que ser o violino (coisa de criança sabe?). Bom, nunca aprendi, nem o piano, nem o violino.

Acontece que a minha filha Evelyn, que tem 5 anos e meio agora, também tinha paixão pelo violino. Uma vez estávamos passeando em Galway e na Shops Street sempre tem muitos artistas de rua tocando música e fazendo outras apresentações. Havia um quarteto de cordas, 3 meninas tocando violino e 1 tocando celo. Com todo o barulho da rua, elas nem conseguiam tocar em sincronia, mas a Evelyn ficou vidrada. Ela parou todos nós ali em frente àquelas meninas pra ouvir e nem piscava enquanto a música estava tocando.

Resumo da ópera, corremos atrás de aulas pra ela. A escola que usa o método Suzuki está lotada, e não tem professores aqui na nossa cidade. Mas existe um grupo chamado Comhaltas, que não é só de música: eles têm grupos de literatura, grupos para praticar a língua irlandesa e outras coisas que ajudem a passar adiante a cultura tradicional irlandesa. Adivinhem? Violino é usado na música tradicional irlandesa! E tem uma professora em uma vila a 5 minutos da nossa casa.

Ela ficou animada, depois desanimou na primeira aula porque não tinha violino pra ela (é aula em grupo). Na segunda aula, a professora conseguiu realocar os violinos que ela tinha e a Evelyn ficou com um emprestado. “Mãe! Eu vou levar o violino pra casa!” ela gritava quando eu fui buscá-la na aula. E ela me lembrava de pegar o violino pra praticar todos os dias, como deve ser.

Ver a minha filha com o violino na mão, mesmo fazendo sons desafinados (como todo iniciante faz) e brigando pra pegar o arco do jeito certo, acendeu aquele sonho de criança de novo. Tentei deixar a dica pra ver se eu ganhava de Natal mas não aconteceu. Então eu pedi um de aniversário! Deus é bom!

Vinte e tantos anos sonhando em ter um violino e aprender a tocar, e hoje estou aprendendo junto com a minha princesa. Mais uma oração respondida. Não tenha pressa, Deus está ouvindo, e Ele responde no tempo certo.

A graça e a Paz do Senhor Jesus. Bom fim de semana!

Leave a Reply